Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mãe em apuros

Mãe em apuros

26
Abr18

Dormindo com o meu filho - Expectativa vs Realidade

Mãe A.

Imagem relacionada

 

Dormir com um bebé tem de bom quanto de ruim. É maravilhoso tê-lo agarrado a nós, sentir o seu cheiro e saber que é nos nossos braços que ele se sente seguro. É maravilhoso vê-lo adormecer e dormir tranquilamente. É uma sensação, um amor que não cabe no peito. O pior é o que vem uma hora depois (ás vezes nem tanto). Ele começa a mexer-se. A virar-se para todas as direções. Pontapeando a nossa cabeça e as nossas costas. Quase caímos da cama para lhe dar espaço. Porque se experimentamos move-lo corremos o risco de ele acordar e não voltar a dormir tão cedo. E nós não queremos isso de forma alguma! 

Acordamos sempre todas tortas, com dores musculares e com a sensação que não dormimos nada. Aliás, não é sensação, não! É pura realidade.

Porém, continuamos a desejar e a permitir que eles durmam connosco. O Baby R., quando o Pai J. está presente, dorme no berço até acordar para mamar. Aí mama e fica a dormir connosco. E quando o Pai J. não está, ele na maioria das noites dorme comigo. Eu não sou da opinião que ele fica mal habituado. Ele é ainda um bebé. Quando for maior ele entenderá e até quererá dormir sozinho. Tudo são fases. E esta passa muito rápido. Rápido demais.

 

 Beijinhos e até breve.

       Mãe A.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Mãe A. na cozinha!

Fica a dica!

Resenhas

Maternidade

Baby R. na creche

Inspirações

Mãe A.

Desafio 52 semanas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D